sábado, 21 de março de 2009

Para gelar rápido a cerveja!

Gente, nossa amiga e confreira Adriana Santana repassou uma dica bacana que está rolando pela Internet. Não sabemos ainda se funciona, pois não experimentamos (mas faz sentido!). Então, sigam a dica e depois nos contem se funciona mesmo:

Para gelar rápido a cerveja!
Depois desta dica, não aceito mais beber cerveja quente.
Preste atenção!!!
Este é o melhor texto do ano...
vide abaixo...
Anotem para alguma emergência!
Cientificamente geladas - Conheça o melhor método para resfriar a cerveja
Por Pedro Burgos

O carvão já está na churrasqueira e a galera chega com litros e mais litros de cerveja. Vergonhosamente quente. Como gelar a breja? Nós fomos buscar a ajuda do professor Cláudio Furukawa, do Instituto de Física da USP, para responder essa questão crucial.

Aliás, gelar é modo de dizer. 'A melhor temperatura para tomar a Pilsen, a mais comum por aqui, é de 2 a 4 graus. A -5 graus ninguém sente o gosto', afirma Fabiano Bellucci, beer sommelier do bar Frangó (São Paulo).

Gelo no isopor. O método clássico é mais rápido que colocar a cerveja em uma geladeira e melhor que botar no freezer, já que no isopor ela não corre o risco de congelar. Para acelerar um pouco o processo, vale colocar um pouco de água. Outra dica: as latinhas resfriam mais rápido, mas também esquentam mais depois de abertas, do que as garrafas long neck.

Gelo, álcool, sal e água

Para cada saco de gelo, coloque dois litros de água, meio quilo de sal e meia garrafa de álcool. A água aumenta asuperfície de contato, o sal reduz a temperatura de fusão do gelo (ele demora mais para derreter) e, por uma reação química, o álcool rouba calor. Os físicos chamam o líquido de 'mistura frigorífica'.
GELO, ÁLCOOL SAL E ÁGUA

A mistura frigorífica é barata e a cerveja fica em ponto de bala em 3 minutos- não é nenhum sacrifício esperar, né? Um alerta: como a água fica muito fria, não é bom esquecer as latas e garrafas no isopor, porque depois de meia hora estarão tão estupidamente geladas que nem vai dar para sentir o gosto da bebida. Lembre-se também de lavar a latinha ao tirá-la da mistura.

3 comentários:

Raskólhnikov disse...

adorei a dica, meninas.

À nossa, tin, tin!!!

Sérgio Torres disse...

Eu acho que a reação não é química. O efeito é estritamente físico.
O fato é que ao evaporar o álcool retira energia térmica da mistura.
Da mesma forma, por exemplo, quando você vai para praia e sai molhado da água. Enquanto não secar você sente frio pois quando a água evapora há transferência de calor do seu corpo para meio ambiente.
É só fazer uma experiência bem simples. Coloque um termômetro numa solução de álcool e com ele introduzido faça a leitura, depois tire o termômetro do álcool e fique observando a leitura. A temperatura mostrada irá diminuir por causa da evaporação do álcool mas não houve nenhuma "reação química" .
Como bom bebedor de cerveja estou escrevendo este comentário assistindo futebol, namorando, conversando com os amigos, atendendo o celular e obviamente já estou na terceira "saideira".
Abraços fraternos
Então que se corrija: não é uma reação química é um fenômeno puramente físico. Pois se for escrito alguma coisa errada com qualquer relação à cerveja isto pode pegar mal para nós cervejeiros que além de filósofos somos altamente científicos ao contemplar este precioso líquido.

Fernanda disse...

Sendo sincera, prefiro meu bom e velho freezer, ainda da conta do recado... hehehe... A latinha não fica salgada, e não precisa ter um isopor...